Notícias

Desemprego de janeiro é o menor para o mês


Apesar de a taxa de desocupação brasileira ter subido para 5,4% em janeiro (a maior desde setembro) essa é a menor taxa para janeiro desde o início da série histórica do IBGE, que começou em março 2002, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto.

Em dezembro, a taxa de desemprego foi de 4,6%. Em comparação a janeiro de 2012 (5,5%), a taxa manteve estabilidade, segundo o IBGE. A população desocupada (1,3 milhão de pessoas) registrou uma elevação de 17,2% em comparação com dezembro e se manteve estável em relação a janeiro do ano passado.

O rendimento médio real habitual dos ocupados (1.820,00 reais) foi considerado estável em comparação com dezembro. Em relação a janeiro de 2012, o poder de compra dos ocupados cresceu 2,4%.

Na comparação anual, o rendimento médio aumentou em quatro das seis regiões pesquisadas. O rendimento médio real habitual dos trabalhadores, na análise regional, em relação a dezembro de 2012, aumentou nas regiões metropolitanas de Porto Alegre (2,0%) e de São Paulo (0,5%). Caiu em Salvador (3,9%), Rio de Janeiro (0,8%) e Recife (0,7%), e ficou estável em Belo Horizonte. 

Em relação a janeiro de 2012, o rendimento apresentou alta em Belo Horizonte (5,2%), São Paulo (4,1%), Rio de Janeiro (2,8%), Porto Alegre (2,6%) e ficou estável em Recife. Na região metropolitana de Salvador ocorreu uma queda (10,9%).

Na comparação com dezembro de 2012, foram registradas quedas nos grupos de serviços prestados à empresa, aluguéis, atividades imobiliárias e intermediação financeira (-3,1%) e construção (-1,8%). Na comparação anual, somente construção teve queda (-0,9%).

Veja a comparação do rendimento médio real habitualmente recebido:

Grupamento de atividade jan/12 dez/12 jan/13 % mês % ano
População ocupada 1.777,47 1.821,81 1.820,00 -0,10 2,40
Indústria extrativa, de transformação e distribuição de eletricidade, gás e água 1.884,83 1.887,62 1.914,40 1,40 1,60
Construção 1.547,45 1.562,22 1.533,60 -1,80 -0,90
Comércio, reparação de veículos automotores e de objetos pessoais e domésticos e comércio a varejo de combustíveis 1.398,31 1.433,12 1.454,90 1,50 4,00
Serviços prestados à empresa, aluguéis, atividades imobiliárias e intermediação financeira 2.232,73 2.395,00 2.320,00 -3,10 3,90
Educação, saúde, serviços sociais, administração pública, defesa e seguridade social 2.485,82 2,491,09 2.495,00 0,20 0,40
Serviços domésticos 711,86 744,77 754,50 1,30 6,00
Outros serviços (alojamento, transporte, limpeza urbana e serviços pessoais) 1.551,91 1.560,30 1.564,90 0,3 0,80

 

FONTE: EXAME