Notícias

Dicas para ser um empreendedor menos estressado


Muitas tarefas e compromissos, trânsito, contas a pagar. A rotina dos empreendedores é ideal para levar ao estresse. O fato é que estudos já comprovaram que este comportamento afeta a produtividade e, na pior das hipóteses, a própria saúde. Para evitar que o estresse domine sua rotina, ouvimos o que  empresários que comandam pequenas ou médias empresas fazem para driblar o estresse do dia-a-dia.

 

 

 

Supere-se

Ana Elisa Alvares Corrêa de Siqueira, do Grupo Santa Celina, usa o esporte e a superação para acalmar os ânimos. Ela faz corrida de aventura em equipe. “Hoje, o meu foco são provas mais longas, de 300 a 600 quilômetros”, diz. Para ela, a disciplina e o tempo dedicado a ela mesma ajudam a espantar o estresse. “As provas permitem que você, depois de 130 horas ininterruptas, em que você dormiu apenas 10 horas, faça uma nova leitura das coisas e dos problemas que te afetam”, afirma.

 

Fuja da cidade

Ivani Calarezi, fundadora e presidente da Amor aos Pedaços, diz que quando o estresse aperta a melhor saída é cozinhar ou viajar. “Quando me estresso com partes mais burocráticas da empresa, aproveito para relaxar no final de semana no sítio, onde cozinho para os meus filhos e amigos”, conta.

 

 

Desconecte-se

Luiz Gustavo Spila, diretor da Spiltag, empresa de embalagens PET para cosméticos, têm mais de uma forma de driblar o estresse de todo dia. “Pratico pilates duas vezes por semana, que escolhi porque trabalha o corpo e a mente, por meio da concentração e respiração”, conta. Além disso, ele tem um momento próprio todo dia para organizar a mente. “Todos os dias pela noite tomo uma taça de vinho, esse momento chamo de retrospecto, coloco as ideias no lugar, tenho novos insights e renovo minhas energias para o dia seguinte”, conta.

 

Respire fundo

Luciano Kalil, do SitePX, usa a yoga e suas técnicas de respiração para aliviar a tensão do negócio. “Duas vezes por semana pratico yoga. É como se as baterias do corpo se carregassem durante a aula. Como é uma prática que trabalha muito a respiração e o conhecimento do corpo, depois de um tempo você se sente mais integrado e calmo”, indica.

 

 

 

Coloque a mão na massa

O empreendedor com perfil mais operacional acaba, cedo ou tarde, migrando para a área de gestão. Com isso, ele pode se afastar daquilo que realmente o motivou e deixar de colocar a mão na massa. Para Daniel Fernandes, presidente da Fernandes Arquitetos Associados, voltar a atuar como arquiteto e não apenas como gestor afasta o estresse. “Já não dá mais para passar o dia fazendo aquilo que mais gosto, projetar. Poder dedicar algumas horas exclusivamente ao exercício de projetar é o que realmente me ajuda a aliviar o estresse. É fundamental para continuar motivado”, diz.

 

Tente aumentar o volume

Bruno Deux, sócio-fundador da agência AMO, gosta de ouvir rock no último volume para espantar a tensão. “Pode parecer que vai aumentar o estresse, mas garanto que funciona: escuto o disco "And Justice for All", do Metallica, no fone de ouvido. Alto, bem alto. A batida e a sonoridade são muito organizadas e dá uma paz interior”, opina.

 

 

FONTE: EXAME