Notícias

Vendas do comércio sobem 6% em um ano; melhor resultado em 18 meses


As vendas no varejo brasileiro tiveram alta de 1,9% em julho ante junho e registraram elevação de 6% em relação a igual mês de 2012, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (12).

Segundo o IBGE, para o volume de vendas é o maior resultado desde janeiro de 2012 (2,8%), e para a receita nominal, é a maior variação desde junho de 2012 (2,4%).

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, avaliou que o resultado das vendas do varejo em julho mostrou que está ocorrendo uma recuperação do consumo no país, beneficiada pelo recuo da inflação.

Expansão do varejo

Na comparação com julho de 2012, o volume de vendas do varejo subiu 7,2%. No acumulado do ano até julho, houve expansão de 3,5%, ao passo que, em 12 meses até julho, o avanço foi de 5,4%. 

A receita nominal do varejo restrito subiu 2% em julho, depois da alta de 0,8% (dado revisado) em junho, já descontados os efeitos sazonais. Na comparação com julho de 2012, a receita nominal subiu 13,8%. Em 12 meses, a alta foi de 12,2%.

No varejo ampliado, que inclui as vendas de veículos e motos, partes e peças, e material de construção, o volume de vendas subiu 0,6% entre junho e julho, já descontados os efeitos sazonais. Perante um ano antes, houve elevação de 3,7%.

A receita nominal, por sua vez, ampliou-se 0,8% em julho, no comparativo mensal, e registrou incremento de 9,6% em relação a julho de 2012.

 

FONTE: UOL