Notícias

Por que todo empreendedor deveria ter um mentor ao seu lado


Quantas vezes você já resolveu um desafio trocando ideias com pessoas que já tinham passado por desafios parecidos? Aposto que muitas! Pois bem, o que você pode não saber é que esse processo tem um nome – mentoria (mentoring, em inglês) e que essa pessoa foi um mentor pra você!

Usada informalmente por quase todo mundo, a mentoria é especialmente adequada para empreendedores. Empreender é um processo que não tem um caminho certo ou uma resposta pronta. É um conjunto tão grande de variáveis, que a execução de um caminho específico se torna tão importante quanto o próprio caminho. Por isso, o empreendedor pode e deve aprender algumas lições com quem já trilhou o mesmo caminho e poupar muita dor de cabeça.

Foi o caso, por exemplo, do Wilson Poit, empreendedor da Poit Energia – empresa que na época alugava geradores. Ele vinha se perguntando como rentabilizar ainda mais seus ativos (geradores) e como trazer mais eficiência para a operação. Ele era o líder do mercado brasileiro, portanto não havia muitos benchmarks nacionais.

No entanto, ele identificou que sua operação se assemelhava ao negócio de aluguel de carros e fomos falar com o Salim Mattar, fundador da Localiza, para aprender com ele como lidar com essas questões. A conversa foi muito produtiva e fez com que o Wilson adotasse novas medidas em relação ao seu negócio. Além das mudanças efetivas, o Salim tornou-se um padrinho para o Wilson, trazendo sempre a experiência e aprendizados de quem já estava um passo a frente.

Então, você poderia questionar: mas como eu faço para encontrar um bom mentor? O primeiro passo é entender qual é seu desafio. Parece simples, mas está longe de ser trivial. O problema aparente nem sempre é o verdadeiro desafio. É essencial questionar a si mesmo sobre qual é a raiz do problema até chegar no xis da questão.

A partir daí, o próximo passo é imaginar que tipo de profissional já passou por esse desafio. É um empreendedor? É um consultor? Um advogado? Que empresa especificamente pode ter essa expertise? Definido o perfil desejado, aí é acionar sua rede de relacionamentos. O LinkedIn pode ser um ótimo aliado, mas vale tudo pra ser apresentado pro seu potencial mentor: amigo, parente, vizinho, e até o cold call! O importante é conseguir uma chance de contar sua história e encantá-lo para que ele concorde em ser seu mentor.

Afinal, apesar de muitas vezes o mentor não ser remunerado por esse trabalho, o valor está em conhecer empreendedores apaixonados, que querem crescer e que o inspire no seu dia-a-dia, além, claro, da sensação de contribuir com seu conhecimento de forma relevante para algo inspirador. Por isso, saia da sua zona de conforto. Entenda quem pode te ajudar e faça de tudo para entrar em contato e vender seu sonho grande!

Letícia Queiroz é diretora de Apoio a Empreendedores na Endeavor Brasil.

 

FONTE: EXAME