Notícias

Intervenção leva cores, artes e conforto climático ao centro de Teresina

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O período do ano correspondente aos meses de setembro a dezembro, conhecido popularmente como B-R-O BRÓ, registra as mais altas temperaturas no Piauí. Foi com o objetivo de amenizar o desconforto da incidência solar, que a Profª Drª Alcília Afonso (Kaki) desenvolveu o projeto B-R-O-BRÓ Cultural, por meio do Grupo de Projetos Estruturantes (GPE), uma parceria entre a Universidade Federal do Piauí (UFPI) e a Prefeitura de Teresina.

A ideia do projeto é realizar uma intervenção cultural no centro histórico de Teresina. A primeira fase da ação compreende um trecho da rua Simplício Mendes, no quarteirão entre as ruas Coelho Rodrigues e Álvaro Mendes, coberto por uma estrutura têxtil colorida tensionada sob uma armação metálica.

A programação terá início a partir deste domingo(02) e se estenderá até o final do mês de dezembro. Além da cobertura, serão promovidas atividades na rua. A área se dividirá em quatro espaços: O 1º será um palco destinado a realização de shows, saraus, apresentações artísticas, entre outras; o 2º será um espaço de convivência com um jardim; o 3º corresponde a comercialização de lanches; e, por fim, serão realizadas oficinas de reciclagem, voltadas para a educação da comunidade.

De acordo com a Professora Alcília Afonso, o fator climático foi a grande preocupação do projeto. "Este projeto resulta em um piloto a exemplo de outras cidades do mundo localizadas na França e na Espanha, onde as temperaturas no verão são muito altas como a nossa, então vamos fazer ruas sombreadas a partir de toldos (peça de material têxtil para cobrimento)", destacou.

Quanto ao tecido escolhido para a cobertura, o material e a cor foram selecionados de maneira a se adequar ao ambiente. "Nós procuramos buscar no mercado local, tecidos que pudessem sofrer esta extensão pelos cabos de aço e evitar o ofuscamento visual. Como a ideia principal é possibilitar conforto térmico e visual, se pensou em trazer cor até a rua e trabalhar com os planos de sombra", explicou Rômulo Marques, estudante de Arquitetura da UFPI.

Grupo de Projetos Estruturantes (GPE)

O Grupo de Projetos Estruturantes é vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura de Teresina sob a coordenação da Profª Drª Alcilia Afonso (Kaki). Ele é composto pelos arquitetos Valério Araújo e Lívia Macedo e por estudantes de Arquitetura e Urbanismo da UFPI. Existente a 1 ano, o Grupo já desenvolveu projetos para paradas de ônibus voltadas para as necessidades de cada bairro de Teresina, outras propostas que vêm sendo desenvolvidas são novos modelos de bancas de revista, e outros processos de intervenção urbana.

FONTE: UFPI