Notícias

Centro de Teresina recebe policiamento especial para o final de ano


Foi lançada nesta sexta-feira(02), no centro de Teresina, a operação “Natal e Ano Novo com Segurança”, da Polícia Militar do Piauí(PM) em parceria com o Sindicato dos Lojistas do Piauí  (SINDILOJAS-PI), que resulta no reforço da segurança e patrulha por toda a região central e de compras da capital.

Cerca de 200 policiais, entre militares e civis, estarão atuando nos três turnos no período de 02 de dezembro até 31 de dezembro, onde o fluxo de consumidores é maior nas lojas, lanchonetes, bancos e nas praças. Todo o efetivo estará dividido em carros viatura, moto, cavalaria e policiamento a pé.

Para garantir a segurança pública, dentro do planejamento estão inclusos mandatos de prisão em casos de homicídio, roubo ou tráfico, além de mandatos de apreensão para menores de idade que estejam envolvidos nesses tipos de crime. Agentes do Bope, Cavalaria, Canil, Polícia Ambiental, Companhia de Trânsito e Rone estão envolvidos. 

Durante a solenidade, o subcomandante da Polícia Militar do Piauí, coronel Lindomar Castilho, destacou que a operação resulta na mais importante do mês de dezembro pelo maior índice de ocorrências na maior área comercial da cidade.

“Estaremos de forma ostensiva ocupando as praças e ruas do centro para barrar e impedir a ação de bandidos e salteadores que se aproveitam de pessoas distraídas durante as compras. Contaremos com a ajuda integral da Polícia Civil nessa campanha que está focada em tornar nosso natal e fim de ano o mais seguro possível”, explica o coronel Lindomar.

Para o presidente do Sindilojas Piauí, Luiz Antônio Veloso, a medida é fundamental para garantir tranquilidade aos consumidores neste período de grande movimentação no centro comercial. “Nós fomos em busca desta parceria porque sabemos o quanto um efetivo de policiais nas ruas pode inibir os índices de violência”, explicou ele. 

Algumas dicas de segurança para a população foram apontadas pela Polícia Militar do Piauí, como evitar o manuseio de grandes quantias de dinheiro em público, não portar vários cartões de crédito, evitar deslocamento em ruas desertas e mal iluminadas, não fornecer informações pessoais  para estranhos e o mais importante, não reagir mediante um assalto.